Como é a recuperação da rinoplastia?

A rinoplastia é uma das cirurgias plásticas mais realizadas, seja com o intuito exclusivamente estético, como também funcional. Apesar de ser um procedimento   comum em consultórios de cirurgiões plásticos, o que muitas pessoas desconhecem são as particularidades do período pós-operatório da rinoplastia.

Inchaço, hematomas   e certa dificuldade para respirar são consequências que as pessoas que optam por realizar o procedimento já  esperam, visto que são frequentemente alertadas pelos cirurgiões plásticos e por materiais sobre o assunto encontrados na internet. No entanto, o período pós operatório da cirurgia plástica do nariz vai um pouco além de repouso e aguardar o desinchaço. Entenda agora como ele deve ser realizado.

 Quais os sintomas comuns após a rinoplastia?

Logo após a realização da rinoplastia, o cirurgião plástico realiza um  curativo  com esparadrapos e uma pequena tala, que deve permanecer por cerca de 7 dias e que, após  a avaliação do especialista, pode ser substituída por um curativo mais simples, mantido por mais uma semana, aproximadamente.

 Hematomas na região da face são mais frequentes nos casos em que há a necessidade de fraturar o nariz  para afiná-lo. É importante lembrar que afinar o nariz pode diminuir o espaço de passagem do ar e, por isso, os problemas relacionados com a função devem ser corridos na mesma cirurgia   (cirurgia de correção de desvio de septo).

Outros  sintomas muito frequentes após uma rinoplastia são:

  • Congestão nasal com dificuldade para respirar ou sentir cheiro que aumenta até o terceiro dia após a cirurgia e vai diminuindo paulatinamente até a completa remissão após 3 a 4 meses;
  • Edema ou inchaço é o sinal mais comum e está relacionado com a maioria dos sintomas. É maior quanto mais agressiva a cirurgia e quanto mais grossa a pele. Determinante para o resultado final, pode durar meses até sua regressão adequada;
  • Sangramentos são mais comuns nos dois primeiros dias e aparecem em forma de pequenas gotas. Sangramentos maiores devem ser relatados imediatamente ao cirurgião;
  • Dormências principalmente na região da ponta nasal e que podem perdurar por meses ou anos;
  • Diminuição da mobilidade natural do nariz é comum nas rinoplastias estruturadas;
  • Inchaço na região do lábio superior também é comum, e pode dificultar um pouco o ato de sorrir ou de fazer bico.

Apesar de serem  sinais e sintomas comuns do período pós-operatório da rinoplastia, é essencial que o paciente mantenha contato com o cirurgião plástico principalmente quando perceber  algo  fora do comum d, como  sangramentos maiores ou traumas.

Até a remoção completa dos curativos, liberação do cirurgião plástico e mesmo algum tempo após a cirurgia, existem algumas restrições de atividades.

Quais são as principais restrições do pós-operatório da rinoplastia?

Cerca de quatro dias após a rinoplastia as pessoas já se sentem bem para realizar as atividades  mais leves do dia a dia, no entanto é preciso  ficar atento a alguns pontos, tais como:

Retorno ao trabalho

Os especialistas em rinoplastia recomendam que  o paciente fique ao menos uma semana afastada das atividades profissionais na maioria dos casos, pois esse tempo é o suficiente para  o inchaço diminuir e a aparência melhorar, além de já terem sido removidos os pontos e boa parte dos curativos da cirurgia. Nada impede, entretanto, que o retorno ocorra em menor tempo em determinados casos. Existem alguns truques de maquiagem para esconder os incovenientes hematomas.

Praticar atividades físicas

O retorno à prática de exercícios físicos deve ser gradual. Em 1 mês é possível iniciar atividades leves como a caminhada  e a partir do segundo ou terceiro mês voltar à prática de exercícios mais pesados como a musculação. Atividades que envolvam o risco de trauma como lutas, esportes de grande contato físico ou até mesmo a dança, devem ser realizados com muita cautela e é imprescindível informar o médico quanto ao seu início.

Voltar a usar óculos

Por conta do peso que a armação dos óculos proporciona à estrutura do nariz, podem ocorrer algumas deformações. Por isso, durante a recuperação da rinoplastia os cirurgiões plásticos orientam para que o uso dos óculos seja evitado e, em média, retorne apenas após 30 dias, se possível.

Apesar de, como em todo processo pós-operatório, a recuperação da rinoplastia ser um período delicado e que exige cuidados específicos, a maioria das pessoas que realizam o procedimento diz que todos os esforços valem a pena.

Agende uma avaliação