Cuidados que se deve ter com o preenchimento facial

O preenchimento facial é um tratamento estético muito realizado atualmente. Os benefícios do procedimento e a recuperação rápida são os principais motivos desta crescente procura. Entretanto, é importante que uma série de cuidados sejam tomados para diminuir os riscos e aproveitar ao máximo os resultados.

Escolha um cirurgião plástico de confiança

O primeiro passo é a escolha do profissional que vai realizar o preenchimento. Indica-se que esse tipo de técnica só seja conduzida por um cirurgião plástico ou por um dermatologista, pois são os profissionais com mais conhecimento sobre a anatomia facial, sobre os produtos, sobre a estética facial e o manejo de possíveis complicações.

Pergunte sobre a duração do resultado, o tipo de produto que vai ser aplicado, a recuperação, e as possíveis alternativas ao tratamento.  Estar bem informado e com expectativas calibradas são fundamentais para sair satisfeito.

Atente-se ao produto usado para o preenchimento facial

Outra informação muito importante que deve ser questionada é sobre o produto que será utilizado. Lembrando que os mais indicados são à base de ácido hialurônico, substância biocompatível que raramente causa reações alérgicas. Além disso, pergunte sobre a marca do produto, pois existem diferenças quanto à durabilidade entre elas. Uma dica interessante é solicitar ao médico um dos selinhos que acompanham as seringas de preenchimento com ácido hialurônico. Neles vêm impresso a marca, lote e validade da substância.

Um produto ainda usado, mas que não é indicado para este fim é o polimetilmetacrilato (PMMA). A substância apresenta efeito definitivo, sendo necessário submeter-se a uma cirurgia para retirada do produto em caso de um mau resultado ou infecção.

Cuidado com os exageros

Principalmente quando usado o PMMA, os resultados do preenchimento facial eram conhecidos por apresentar resultados exagerados e que tiravam a naturalidade do rosto. Atualmente, novas substâncias permitem uma aplicação mais natural, mas o resultado dependerá bastante da quantidade aplicada.

Converse com o cirurgião plástico sobre os resultados esperados, afinal, o preenchimento facial deve ser capaz de amenizar rugas, linhas de expressão e sulcos faciais, mas manter a naturalidade.

Opte por sessões com pequenas doses

Uma forma de controlar os resultados do preenchimento facial é optar por sessões que usem pequenas doses do produto escolhido para o preenchimento. Dessa forma, o médico responsável poderá fazer retoques dentro de 15 dias a um mês para que os resultados sejam mais satisfatórios.

Siga as instruções para recuperação

A recuperação do procedimento costuma ser bastante tranquila, sendo que a paciente mesmo é liberada no mesmo dia para realizar as atividades leves. Ainda assim, o profissional responsável pode passar algumas instruções que devem ser seguidas, como:

  • evitar exercícios e atividades pesadas no dia da aplicação;
  • em caso de hematomas, evitar a exposição ao sol;
  • usar protetor solar;
  • em caso de inflamação na área, procurar o médico com urgência.

Com esses cuidados é possível obter um resultado mais satisfatório e evitar problemas.

Não tenha vergonha de pedir a reversão do procedimento

Quando o procedimento é realizado por um profissional qualificado o resultado fica natural e, frequentemente, agrada `as interessadas. Entretanto, também é possível que o resultado não tenha satisfeito `as necessidades do paciente e nesses casos é possível procurar o cirurgião plástico para pedir a reversão do procedimento.

No caso do ácido hialurônico é realizada uma aplicação de uma enzima chamada hialuronidase que dissolve a substância mais rapidamente. No caso do uso de PMMA a reversão é cirúrgica e pode deixar sequelas muito graves e aparentes.

Antes de optar pelo preenchimento facial, portanto, converse com um cirurgião plástico de confiança e garanta mais segurança durante o procedimento e na recuperação.