Marcas de toxina botulínica (botox)

A toxina botulínica é uma substância usada para fins médicos estéticos e não estéticos que popularmente ficou conhecida como botox. Entretanto, Botox é o nome do primeiro produto que foi comercializado no Brasil e que contém a toxina.

Existem outras marcas que comercializam a toxina botulínica no Brasil e é adequado conversar com o cirurgião plástico que realizará o procedimento para saber com qual marca ele trabalha.

É importante ressaltar que, apesar de existirem diferentes marcas no mercado, não é o paciente que realizará a compra do medicamento, mas sim o médico responsável pelo procedimento. Caso tenha preferência por alguma das marcas, o paciente deverá relatar essa opção para o médico responsável e ouvir as considerações dele sobre cada produto.

Quais são as marcas de toxina botulínica?

No Brasil, de acordo com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica são cinco marcas que podem comercializar a toxina botulínica. A aprovação é realizada pela Anvisa após testes de qualidade dos produtos. São elas:

  • Botox: laboratório Allergan;
  • Dysport – laboratório Ipsen;
  • Xeomin – laboratório Merz;
  • Prosygne – laboratório Cristália;
  • Botulift – laboratório Bergamo.

Caso o profissional responsável pela aplicação de toxina botulínica afirme que há outro produto que ele use, não aceite a aplicação até saber se tem a aprovação da Anvisa. Os medicamentos aceitos para rejuvenescimento facial são legalmente aprovados no país, sendo o uso deles garantido por este órgão de controle.

Produtos que se dizem “semelhantes” podem oferecer riscos ao paciente, além de não apresentarem os resultados esperados com a aplicação. O uso de produtos adulterados ou o manuseio inadequado dos medicamentos colocam a segurança e a saúde do paciente em risco.

A toxina botulínica é comercializada em pó, sendo que para a aplicação com fins estéticos o produto é diluído em soro fisiológico para que seja realizada a aplicação com uma agulha bem fina. Não existem versões da toxina botulínica em outros produtos, como pomadas ou medicamentos de via oral, por exemplo.

Muitos pacientes, inclusive pelo nome popular pelo qual o tratamento ficou conhecido, solicitam a aplicação da toxina botulínica de uma marca ou outra. Veja quais as diferenças entre os tipos da substância.

Existe diferença entre as marcas?

Existe diferenças entre as marcas de toxina botulínicaA toxina botulínica é um complexo proteico que tem origem na bactéria Clostridium botulinum. Após purificada em laboratório a substância atinge um alto grau de concentração da toxina, sendo o sorotipo A mais usado comercialmente para fins estéticos.

A substância age como um bloqueador neuromuscular, impedindo que haja a conexão entre nervos e músculos, o que reduz ou elimina as linhas de expressão decorrentes da contração muscular da face.

Os produtos e marcas citados anteriormente são aprovados, pois comprovaram serem efetivos nesse processo de neutralizar a musculatura, de forma a amenizar as marcas de expressão. Além disso, todos são seguros para a aplicação em humanos, não apresentando efeitos colaterais que coloquem a saúde do paciente em risco.

Devido às etapas necessárias para a aprovação dos produtos, todos eles apresentam resultados semelhantes. O cirurgião plástico responsável pode ter preferência por algum produto, sendo importante que na consulta que antecede a aplicação o paciente questione o profissional sobre qual das marcas será utilizada na aplicação.

Todos os materiais que envolvem a aplicação, como seringa, agulha, gases, luvas etc. devem ser descartados corretamente após a aplicação. Caso tenha alguma dúvida referente ao produto usado o médico poderá esclarecer esses questionamentos, preferencialmente antes de realizar o procedimento.

A concorrência de vários produtos no mercado brasileiro faz com que haja uma maior competitividade entre os laboratórios que produzem medicamentos com a toxina botulínica, alcançando graus diferentes de purificação e estabilidade do produto.

De acordo com profissionais da área podem ocorrer diferenças na durabilidade dos resultados, entretanto, esses costumam ser mais impactados pela região da face na qual a aplicação ocorre.