Para que serve a toxina botulínica?

A toxina botulínica é um complexo proteico extraído da bactéria Clostridium botulinum que é utilizado na área médica para diversos fins. A toxina tem a capacidade de paralisar os músculos e, este efeito, apesar de estranho, pode ser benéfico em muitas situações, entre elas:

  • combate à sudorese excessiva (hiperidrose) em regiões como mãos, pés, axilas, face e região inguinal;
  • tratamento de sequelas de lesões do sistema nervoso central;
  • amenizar mal-estar causado pela esclerose múltipla e Mal de Parkinson;
  • atenuar tiques nervosos na região dos olhos e da boca;
  • amenizar quadros de crise de cefaleias tensionais;
  • prevenção e tratamento de rugas nas regiões da face e pescoço.

Foram descobertos sete tipos de toxina botulínica, da A até a G, entretanto, apenas a do tipo A e B são aprovadas para uso estético, como o rejuvenescimento facial. Também é relevante destacar que muitos dos usos clínicos e terapêuticos da substância ainda estão sendo pesquisados.

Como age a toxina botulínica?

A molécula da toxina se liga em regiões do músculo e impede que eles sofram contração. Esse efeito é temporário, pois o próprio organismo destrói a toxina com o passar do tempo (4 a 6 meses). A musculatura que vai ser paralisada é definida pelo profissional de acordo com o efeito desejado.

A substância é introduzida diretamente no músculo através de pequenas injeções. Apesar de efeito paralisante ser temporário, o músculo tratado fica um bom tempo sem “fazer exercício” e isso o deixa mais fraco, o que pode ser considerado bom a longo prazo. É exatamente a atrofia que ocorre nos nossos músculos quando paramos de realizar a musculação.

No caso dos tratamentos estéticos, o cirurgião plástico ou dermatologista são os profissionais mais habilitados pois conhecem muito bem a posição dos músculos, sua ação e quais deles devem ser paralisados para um efeito natural e rejuvenescedor. Lembrando que, se a toxina for mal utilizada, é preciso aguardar de 4 a 6 meses para a região tratada voltar ao normal, ou seja, não existe antídoto que corte o efeito de imediato.

O objetivo principal da toxina quando utilizada na face, fazer com que alguns músculos que se contraem muito, fiquem menos ativos de forma que as rugas e linhas de expressão diminuam. Lembrando que é perfeitamente possível, obter um resultado natural, bonito e equilibrado. Foi-se o tempo no qual o paciente saía com a face paralisada, quase sem expressão. A regra hoje em dia é a naturalidade.

Quando realizar um tratamento estético com toxina botulínica?

Muitos pacientes confundem os objetivos estéticos do tratamento de aplicação de toxina botulínica com o preenchimento facial. Inicialmente é preciso saber que a toxina é usada para amenizar rugas superficiais ou também chamadas de linhas de expressão. Enquanto que o preenchimento facial é realizado para aumentar o volume de uma determinada área, aliviando, por exemplo, rugas mais profundas e criando um contorno mais harmônico no rosto.

Antes de optar por um tratamento estético, converse com um cirurgião plástico de sua confiança para saber qual a melhor solução para o seu caso.