Pós-operatório da mamoplastia de aumento

A cirurgia plástica das mamas, chamada de mamoplastia, é uma das mais procuradas pelas pacientes. O procedimento pode ser realizado com a finalidade de diminuir ou aumentar os seios. Nesse último caso, a cirurgia é chamada de mamoplastia de aumento.

Como funciona a cirurgia de mamoplastia de aumento?

Ao decidir realizar o procedimento, a paciente deve marcar uma consulta com o cirurgião plástico com a maior antecedência possível da data que pretende operar.  Além de analisar a queixa da paciente e seu histórico de saúde,  o médico fará um exame físico completo indicando ou não a necessidade de realizar a cirurgia.

Se a paciente for considerada apta e tiver indicação para a inclusão de próteses mamárias, o cirurgião decidirá em conjunto com a paciente sobre as próteses ideais a serem utilizadas. Para isso, leva-se em conta o peso, altura, diâmetro do tórax, tipo de atividade física que realiza e desejo de uma mama com aspecto mais natural ou mais projetada.

Com tudo definido e explicado, a cirurgia é agendada e as próteses escolhidas, solicitadas. No período logo anterior à cirurgia,  é importante:

  • Suspender o uso de medicamentos anticoagulantes;
  • Para de fumar;
  • Evitar o consumo de bebidas alcoólicas;
  • Evitar queimadura solar (vermelhidão).

No dia da cirurgia, é aconselhado que a paciente esteja em jejum total, tanto de sólidos quanto de líquidos, inclusive água por um período de 8hs que antecedem a cirurgia..  Após o procedimento anestésico a cirurgia é iniciada.  Basicamente o cirurgião realiza uma incisão(corte) de 3 a 4 cm na pele  e cria um espaço no qual será posicionada a prótese de silicone. Essa incisão pode ser realiza nos seguintes locais:

  • No sulco mamário;
  • Na axila, ou
  • Ao redor da aréola.

O espaço criado para a colocação da prótese pode ser na frente ou atrás do músculo peitoral maior.  Então, as próteses são abertas, inseridas no espaço criado e a incisão é cuidadosamente fechada e coberta com um curativo esterilizado. A cirurgia dura cerca de 1 hora e 30 minutos e a alta hospitalar pode ser dada 6 horas após o término da anestesia.

Como é a recuperação da mamoplastia?

Após concluído o procedimento, a paciente permanece em observação por cerca de 6 horas e então pode ser liberada para casa.

É comum que a paciente sinta dores que podem ser controladas sem maiores problemas com os analgésicos prescritos. O inchaço é maior após 48 a 72 horas após o término do procedimento e este é o período em que as mamas ficam maiores e mais incômodas. Porém, daí por diante, a recuperação é rápida e muitas já se sentem dispostas até para trabalhar.

Na maior parte dos casos, são utilizados fios especiais para fechamento das incisões e não é necessário que sejam retirados. O banho é liberado já no primeiro dia, pois os curativos são impermeáveis.

O retorno às atividades, bem como à prática de exercícios físicos, deve ser autorizado pelo cirurgião plástico que acompanhou o procedimento. No entanto, de uma forma geral, atividades que não exijam contato físico ou impactos são liberadas após 30 dias.

As cicatrizes resultantes do procedimento são muito discretas, mas ao longo dos primeiros meses de recuperação da mamoplastia ainda são mais aparentes. E, embora na primeira semana já seja possível notar grandes mudanças, o resultado da mamoplastia de aumento é considerado definitivo apenas 6 meses após a cirurgia.

Marque sua consulta na clínica de cirurgia plástica | Mario Farinazzo