Qual é a melhor idade para colocar implantes de silicone?

Uma das principais dúvidas apresentadas aos cirurgiões plásticos é sobre a idade mínima permitida para colocar próteses de silicone (mamoplastia de aumento).

Contudo, não existe uma resposta definitiva para essa questão, visto que o aconselhado é a colocação de implante de silicone após o desenvolvimento completo das mamas, o que depende de cada paciente.

Segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgias Plásticas, um dos procedimentos mais procurados entre as jovens na faixa dos 16 anos é a mamoplastia de aumento, realizada através da inclusão de próteses mamárias.

Mas quais as orientações sobre a realização mamoplastia de aumento em adolescentes?  Entenda melhor a seguir.

Existe uma idade ideal para colocar prótese de silicone?

Assim como a cirurgia para a redução das mamas (Mamoplastia Redutora) também muito relacionada à autoimagem e muito buscada durante a adolescência, a mamoplastia de aumento por meio da inclusão de prótese de silicone é indicada apenas após o desenvolvimento completo da mama da mulher.

No Brasil, existem leis que permitem a realização de cirurgias plásticas em menores de idade apenas sob o consentimento e acompanhamento dos responsáveis.

Dessa forma, é possível a colocação de prótese mamária a partir  dos 16 anos, porém muitos especialistas preferem aguardar a maioridade das pacientes.

A partir dessas informações, é possível afirmar que, para ser considerada apta à inclusão de próteses de silicone, a paciente deve ter as mamas desenvolvidas e, caso seja menor de idade, precisa do consentimento dos pais, além de toda a avaliação de saúde, que é realizada para todos os casos de mamoplastia de aumento.

Em alguns casos, após a avaliação dos resultados dos exames solicitados, é possível afirmar que a paciente ainda não atingiu a maturidade sexual  completa e, portanto, os caracteres sexuais, incluído as mamas, ainda não estão completamente desenvolvidos.

Quando isso ocorre, o cirurgião plástico esclarece todas as consequências positivas e negativas de dar continuidade à realização da cirurgia.

Cirurgias plásticas na adolescência

A adolescência é conhecida por ser a fase na qual o corpo sofre mais alterações, tanto físicas quanto hormonais, e isso impacta diretamente na autoestima dos jovens.

Nesse período de transições é muito comum surgir o desejo pela realização de cirurgias plásticas, tais como a mamoplastia de aumento, rinoplastia, otoplastia etc.

Apesar do desejo do jovem pelo procedimento, é fundamental a avaliação do cirurgião plástico, além do consenso dos responsáveis, para que a cirurgia plástica seja considerada segura e traga um real benefício.

Por isso, o ideal é buscar sempre um especialista confiável, que tenha boas referências e, principalmente, que seja membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

 

Marque sua consulta na clínica de cirurgia plástica | Mario Farinazzo