Rinoplastia feminina e masculina – Qual a diferença?

Uma das cirurgias plásticas mais procuradas por pessoas em todo o mundo, a rinoplastia é o nome dado ao procedimento de correção funcional ou estética do nariz. No Brasil, é a quinta cirurgia plástica mais realizada. Normalmente, as principais queixas que levam os brasileiros aos consultórios de cirurgia plástica são as de retirada da giba (calombo), ponta caída, ponta alargada e correção do tamanho desproporcionalmente grande do órgão para o rosto.

Tamanha preocupação com a aparência do nariz é decorrente, principalmente, do fato de ele ocupar uma posição central no rosto, sendo uma das primeiras estruturas visualizadas e, de alguma forma, determinante da simetria geral da face. Por essa razão, as rinoplastias devem ser realizadas a partir de exames individuais, ponderando as possibilidades corretivas com as expectativas de cada paciente.

Existe diferença entre rinoplastia feminina e masculina?

Além da análise individual, o cirurgião plástico deve, também, atentar-se para as diferenças básicas entre as estruturas nasais femininas e masculinas já que a espessura da pele e a estrutura das cartilgens demandam técnicas próprias.

Na rinoplastia masculina o resultado final deve ser discreto, buscando um nariz com traços retos e marcantes e um ângulo entre o nariz e o lábio que não ultrapasse os 90 ou 95 graus. Já na rinoplastia feminina o objetivo é um nariz mais delicado com traços um pouco mais arredondados e um ângulo entre nariz e lábio de 95 a 105 graus. Porém, nos dois casos, é importante que a mudança seja difícil de ser definida por um observador casual, como um colega de trabalho, por exemplo. Esse observador deve reconhecer que houve uma mudança para melhor, mas deve ficar na dúvida se a mudança foi no nariz ou em outra estrutura da face.

Quando fazer a rinoplastia?

A rinoplastia deve ser realizada quando a forma do nariz traz um incômodo que prejudique a atividade social do paciente ou que cause um descontentamento em relação à própria aperência que reflita negativamente na sua auto-estima. Em alguns casos é importante uma avaliação psicológica para que o paciente não deposite na cirurgia uma expectativa irreal, o que pode trazer uma grande frustração após o procedimento. Atualmente, existem testes rápidos para avaliar esse risco.

Além disso, para que seja possível a realização da rinoplastia, é importante que todas as estruturas ósseas e cartilaginosas do nariz estejam totalmente desenvolvidas, o que ocorre, na maioria das vezes, após os 16 anos. Além do desenvolvimento normal, o cirurgião plástico irá avaliar outros aspectos individuais, como a qualidade dos tecidos, as vias respiratórias e o estado de saúde geral do paciente.

Com todos estes cuidados e com a técnica adequada, o resultado da rinoplastia é muito positivo.

Por isso, é importante que haja uma plena comunicação entre médico e paciente e um tempo de preparação para o procedimento, a fim de alinhar as possibilidades cirúrgicas de cada caso com as expectativas.

agende-sua-consulta-na-clinica-de-cirurgia-plastica-mario-farinazzo