Como a toxina botulínica (Botox) ameniza rugas e linhas de expressão?

O aumento das linhas de expressão facial é a evolução natural do processo de envelhecimento. Porém, a movimentação dos músculos da face e diminuição de produção do colágeno podem ser agravados pela exposição exagerada ao sol, má alimentação e o tabagismo conferindo um aspecto envelhecido mais precoce ao indivíduo.

Nesses casos, a utilização de procedimentos chamados cosmiátricos, têm uma boa indicação. Entre eles, a aplicação da toxina botulínica que é um dos carros chefes de cirurgiões plásticos e dermatologistas.

Antes de optar por um tratamento estético com a toxina botulínica, entretanto, é importante saber como ele age e quais são as indicações.

O que é o botox?

A toxina botulínica, é produzida por uma bactéria chamada Clostridium botulinum.

A versão industrializada da toxina passa por um processo de purificação que, quando usada nas doses adequadas, não oferece danos à saúde. Ao ser aplicada no músculo a toxina gera um relaxamento da região.

Popularmente conhecida como botox, a substância funciona como um bloqueador neuromuscular e, ao interromper a transmissão de estímulos para a área da aplicação, impede a contração dos músculos, seja parcial ou totalmente.

Após aplicação do botox, o processo de bloqueio não pode ser revertido, no entanto, ele é temporário, sendo que, com o passar do tempo, o organismo constrói novas vias de transmissão dos estímulos neurais para região.

Como age a toxina botulínica (botox)?

São vários os fatores que, a longo prazo, vão impactar o surgimento de rugas e linhas de expressão. O mais determinante, no entanto, é a contração natural realizada pelos músculos da face como quando, por exemplo, alguém franzi a testa, contrai os músculos da região dos olhos ou sorri.

Quando o botox é injetado nas rugas ou marcas de expressão ele bloqueia a contração muscular, impedindo que se formem essas linhas. Assim, os benefícios associados ao preenchimento com botox podem se dar de duas formas:

  • preventivo: uma vez que a contração dos músculos da face é paralisada pela toxina botulínica, ela impede que haja o aparecimento de rugas e linhas de expressão na região na qual foi injetada.
  • reparativo: já a amenização e suavização das rugas e linhas ocorre devido ao relaxamento muscular provocado pela injeção de botox na região, aliviando essas marcas.

Como é a aplicação do botox?

O profissional mais indicado para realizar a aplicação do botox é aquele com conhecimento profundo da anatomia e dinâmica facial, atributos comuns ao cirurgião plástico.

Para que haja um resultado natural com o procedimento é indicado que a região seja detalhadamente estudada para avaliar quais são os pontos mais indicados para receberem as aplicações.

A toxina botulínica é comercializada em pó, sendo necessário ser diluída em soro fisiológico para realizar a aplicação.

O manuseio adequado da substância, assim como a determinação dos pontos de injeção, são essenciais para alcançar resultados mais satisfatórios com a toxina botulínica.

A aplicação dura cerca de 30 minutos e o paciente pode retornar às atividades leves imediatamente ao procedimento.

Recomenda-se aguardar 1 a 2 dias para a prática de atividades físicas como corrida e musculação. É normal um inchaço leve e pequeno hematoma nos pontos de introdução da agulha.

A ação da toxina começa em 24-48hs e atinge seu efeito máximo em 15 dias, momento no qual, podem ser necessários pequenos refinamentos com uma aplicação complementar.

A duração dos efeitos da toxina se limitada de 4 a 6 meses, mas os efeitos são cumulativos, ou seja, se utilizadas com frequência, a formação de novas rugas é menor em relação a quem não faz uso da substância.

Dessa forma, em muitos casos, o procedimento pode ser realizado em pacientes jovens como forma preventiva.

Procure um profissional de confiança e se assegure de uma técnica adequada e da procedência do material utilizado.